Política

Vice-prefeito de Santo Amaro sai da prisão e realiza convenção partidária

O vice-prefeito de Santo Amaro, Leonardo Pacheco (PSB), saiu da prisão na última quarta-feira (3), através de habeas corpus, e realizou na sexta-feira (5), a convenção partidária que homologou sua candidatura. Pacheco foi preso no último de 14, pela Operação Adsumus, deflagrada pelo Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA). [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Reprodução

Por Jessica Galvão no dia 06 de Agosto de 2016 ⋅ 16:57

O vice-prefeito de Santo Amaro, Leonardo Pacheco (PSB), saiu da prisão na última quarta-feira (3), através de habeas corpus, e realizou na sexta-feira (5), a convenção partidária que homologou sua candidatura. Pacheco foi preso no último de 14, pela Operação Adsumus, deflagrada pelo Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA).

Ele é acusado de estar envolvido em crimes de fraude em licitações, lavagem de dinheiro, peculato e associação criminosa. Além disso, ele é o candidato de Ricardo Machado (PT), atual prefeito, também acusado de envolvimento em fraudes licitatórias.

Fazem parte da coligação PRP, PEN, PSD, PSC, PSL, PDT, PR, PSB, PRTB, além do PT e do PSB. A chapa tem como vice Artur Pereira Suzart Neto, o Artur da Pedra. A deputada federal Moema Gramacho e a vereadora de Salvador, Vânia Galvão, também participaram do evento.

Pacheco disse que saiu mais fortalecido após a prisão. "Eu sai mais humano e com isso vou dedicar minha vida ao povo de Santo Amaro. O leão agora está solto e vai pra batalha", falou, segundo o Bocão News.

Notícias relacionadas