Política

Projeto que regulamenta mototaxistas em Salvador é aprovado

O projeto que executa a regulamentação da profissão de mototaxista em Salvador foi aprovado na Câmara de Vereadores nesta segunda-feira (14), após uma sessão bastante tumultuada. Presentes na sessão, os representantes da categoria gritaram palavras de ordem como “queremos trabalhar” [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Alaine Brasil no dia 08 de Agosto de 2016 ⋅ 18:30

O projeto que executa a regulamentação da profissão de mototaxista em Salvador foi aprovado na Câmara de Vereadores nesta segunda-feira (14), após uma sessão bastante tumultuada. Presentes na sessão, os representantes da categoria gritaram palavras de ordem como “queremos trabalhar”.

Segundo o autor do projeto, vereador Claudio Tinoco (DEM), a proposição não será um “cheque em branco”, como argumentou a vereadora Aladilce Souza (PCdoB) e também o petista Arnando Lessa (PT). Em conversa com o Bocão News, Tinoco disse que “o executivo enviou o projeto que seguirá o parâmetro da lei nacional que já trata do assunto. Também resoluções do Contran. Não é algo solto. Nada de diferente como as demais regulamentações, como os de taxistas. A prefeitura também vai se articular no sentido de espalhar na cidade pontos oficiais de paradas, por exemplo”, disse.

A condutora de assuntos referentes ao trânsito, Secretaria de Mobilidade Urbana, será a responsável pela execução do processo. Após a sanção do prefeito ACM Neto (DEM), os mototaxistas terão uma série de exigências para se adequaram a legalidade, como padronização e tempo mínimo de habilitação para poder trabalhar na função pelas ruas de Salvador.

Notícias relacionadas

[Procuradoria eleitoral pede cassação de Doria]
Política

Procuradoria eleitoral pede cassação de Doria

Por Alexandre Galvão no dia 19 de Dezembro de 2018 ⋅ 07:40 em Política

Os procuradores calculam que a Prefeitura gastou R$ 52,5 milhões em propaganda no primeiro semestre desta ano, 79% a mais do que a média dos primeiros semestres de 2015