Política

Rodrigo Maia: base de Temer quer votar cassação de Cunha após impeachment

O presidente da Câmara Rodrigo Maia (DEM-RJ) disse nesta quarta-feira (10), que a base de apoio ao presidente interino Michel Temer pretende votar a cassação do ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), após conclusão do processo de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Rodrigo Maia (DEM-RJ)

Por Luiza Leão no dia 10 de Agosto de 2016 ⋅ 14:43

O presidente da Câmara Rodrigo Maia (DEM-RJ) disse nesta quarta-feira (10), que a base de apoio ao presidente interino Michel Temer pretende votar a cassação do ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), após conclusão do processo de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff. Entretanto, Maia afirmou que os oposicionistas pressionam para que a votação aconteça antes do julgamento de Rousseff, que deve acontecer no final do mês de agosto.

Através de entrevista coletiva na Câmara, o presidente falou que  a votação do relatório do Conselho de Ética que recomenda que Cunha perca o mandato de deputado federal, será divulgada ainda nesta quarta.

Rodrigo Maia defendeu que tanto a espera para a votação como a realização antecipada são legítimas. Contudo, declarou que é "fundamental" que a conclusão do processo de cassação seja concluído antes das eleições municipais de outubro. Também será escolhida a data para o plenário analisar o processo de quebra de decoro dentro do prazo médio que outros processos de cassação levaram para deixar as comissões para o plenário.

Notícias relacionadas

[Justiça manda soltar Joesley Batista ]
Política

Justiça manda soltar Joesley Batista 

Por Alexandre Galvão no dia 12 de Novembro de 2018 ⋅ 14:44 em Política

Advogado do dono da JBS, Perpaolo Bottini afirmou que a soltura demonstra "a ilegalidade e gravidade da prisão"