Política

Otto: "Transposição do São Francisco está quase concluída, mas vai faltar água"

O Rio São Francisco está morrendo. Foi com tom preocupado que o senador Otto Alencar (PSD) falou do principal patrimônio da natureza do Nordeste, nesta segunda-feira (15), à Rádio Metrópole. Em entrevista a Mário Kertész, Otto afirmou que, embora o projeto de transposição do rio esteja avançado, "vai faltar água".

[Imagem not found]
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Felipe Paranhos no dia 15 de Agosto de 2016 ⋅ 08:42

O Rio São Francisco está morrendo. Foi com tom preocupado que o senador Otto Alencar (PSD) falou do principal patrimônio da natureza do Nordeste, nesta segunda-feira (15), à Rádio Metrópole. Em entrevista a Mário Kertész, Otto afirmou que, embora o projeto de transposição do rio esteja avançado, "vai faltar água".

Contrastando a situação do São Francisco com a do Rio Colorado, que foi transposto após um longo processo de discussão e de contrapartidas, o senador lamentou a falta de autoridade dos estados ao longo do período de obras. "A transposição era necessária, mas antes deveriam ter feito a revitalização. Aqui, começou-se a fazer a transposição sem fazer a revitalização. A Constituição de 1988 liquidou o princípio federativo. Os estados não têm autonomia para nada no Brasil. Tinha que fazer a transposição, sim, o estado da Paraíba não tem potencial nenhum de água. Mas primeiro deveriam ter feito a revitalização. Colocou-se mais R$ 8 bilhões na transposição, e não se produziu água. A transposição está quase concluída, mas vai faltar água", declarou. 

Alencar criticou ainda a postura da imprensa, que, segundo ele, interpreta acontecimentos políticos ao seu bel-prazer, "nivelando todos por baixo". "O atual ministro da Integração me convidou para estudar o rio. Ele levou o meu projeto para o presidente interino [Michel Temer] e resolveu adotar o projeto. E aí fizeram uma especulação maldosa, dizendo que eu fui falar junto com presidente interino que eu ia votar contra Dilma, coisas maldosas. E na mesma tarde votei com Dilma", falou.

Notícias relacionadas

[Bolsonaro planeja culto ecumênico no dia da posse]
Política

Bolsonaro planeja culto ecumênico no dia da posse

Por Matheus Simoni no dia 21 de Novembro de 2018 ⋅ 12:20 em Política

De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, assessores de Bolsonaro afirmam que o esquema de segurança e o tempo de duração do evento devem ser as principais preocupações d...

[MBL cogita criar o próprio partido]
Política

MBL cogita criar o próprio partido

Por Juliana Rodrigues no dia 21 de Novembro de 2018 ⋅ 08:20 em Política

Grupo criado em 2014 como "apartidário" elegeu dois deputados em 2018