Política

Mergulhado em crise, PT "vai terminar de forma lamentável", diz Imbassahy

Durante entrevista a José Eduardo, na Rádio Metrópole, na manhã desta terça-feira (16), o líder do PSDB Antônio Imbassahy comentou a atual situação política do Partido dos Trabalhadores (PT) — mergulhado em escândalos. De acordo com o tucano, os petistas se perderam ao longo do tempo e vão terminar "de uma forma lamentável". [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Reprodução/TKM

Por Tácio Moreira/Metropress no dia 16 de Agosto de 2016 ⋅ 10:38

Durante entrevista a José Eduardo, na Rádio Metrópole, na manhã desta terça-feira (16), o líder do PSDB Antônio Imbassahy comentou a atual situação política do Partido dos Trabalhadores (PT) — mergulhado em escândalos. De acordo com o tucano, os petistas se perderam ao longo do tempo e vão terminar "de uma forma lamentável". "Começaram a fazer coisas erradas. A Justiça começou a identificar isso, não só com denúncias. As provas foram surgindo. Hoje você tem tesoureiros presos, é muito desagradável", afirmou.

"O PT era um partido da bandeira ética. O que a gente viu no final, foi um partido em declínio. Se você abrir o noticiário, vai ver que o PT não vai ter candidato em várias cidades brasileiras, inclusive em Salvador, por falta de total possibilidade de vitória, falta de apoio popular. É um fim triste", acrescentou.

O deputado falou ainda sobre a popularidade do ex-presidente Lula, que segundo ele, "não assusta de forma nenhuma". "[Ele] tem uma popularidade expressiva, mas perde para todos os concorrentes nas pesquisas. Você vê que Lula foi duramente atingido por tudo isso. Até porque ele inventou Dilma. A população tem consciência", finalizou.

 

Notícias relacionadas