Política

Jovem que acusou Feliciano por extorsão é indiciada pela polícia de São Paulo

A Polícia Civil de São Paulo indiciou na última quinta-feira (19), a estudante de jornalismo Patrícia Lelis, de 22 anos, por denunciação caluniosa e extorsão no caso em que ela acusa um assessor do deputado Pastor Marco Feliciano (PSC-SP) de sequestro e cárcere privado. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Agência Brasil

Por Jessica Galvão no dia 19 de Agosto de 2016 ⋅ 15:44

A Polícia Civil de São Paulo indiciou na última quinta-feira (19), a estudante de jornalismo Patrícia Lelis, de 22 anos, por denunciação caluniosa e extorsão no caso em que ela acusa um assessor do deputado Pastor Marco Feliciano (PSC-SP) de sequestro e cárcere privado. 

Patrícia também acusa Feliciano de tentativa de estupro e agressão, em outro inquérito que tramita em Brasília, onde o parlamentar tem foro privilegiado.

“Ao término do inquérito, que já está no segundo volume, vou pedir a prisão preventiva dela”, disse o delegado titular da 3.ª Delegacia de Polícia, Luís Roberto Hellmeister, responsável pela investigação na capital paulista ao site Estadão.

Segundo a publicação, diante do indiciamento, a defesa pediu cinco dias para Patrícia fazer um aditamento do depoimento que prestou no último dia 5. 

Notícias relacionadas

[Bolsonaro será diplomado nesta segunda]
Política

Bolsonaro será diplomado nesta segunda

Por Alexandre Galvão no dia 09 de Dezembro de 2018 ⋅ 17:00 em Política

Os diplomas são assinados pela presidente do TSE, ministra Rosa Weber, que abre a sessão solene e indica dois ministros para conduzirem os eleitos ao plenário