Política

MP considera 278 candidatos da Bahia como fichas-sujas

Nas eleições deste ano, 278 candidatos a prefeito e vereador da Bahia foram considerados fichas-sujas pelo Ministério Público e poderão ficar de fora da disputa eleitoral. Esse número pode aumentar quando o levantamento realizado pelo Ministério Público Federal for concluído, de acordo com o jornal O Globo. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Elza Fiúza/ABr

Por Luiza Leão no dia 21 de Agosto de 2016 ⋅ 09:15

Nas eleições deste ano, 278 candidatos a prefeito e vereador da Bahia foram considerados fichas-sujas pelo Ministério Público e poderão ficar de fora da disputa eleitoral. Esse número pode aumentar quando o levantamento realizado pelo Ministério Público Federal for concluído, de acordo com o jornal O Globo. No Brasil, 4.942 candidatos estão passíveis de impugnação. Os nomes dos políticos não foram divulgados.

Através do CPF dos candidatos, o sistema - que já foi utilizado em 2014- cruza as informações existentes no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com bancos de dados de tribunais de Justiça, revelando possíveis cortes de contas.  Os nomes que apresentarem irregularidades são repassados a promotores eleitorais que atuam nas cidades e são os responsáveis por impugnar os candidatos.

Políticos que tiveram contas rejeitadas quando ocuparam cargo ou exerceram função pública não poderão disputar as eleições. Crimes como corrução, peculato ou lavagem de dinheiro também deixam de fora o candidato. Até o momento, 467 mil nomes já foram avaliados.

Notícias relacionadas