Política

Ministro da Fazenda afirma que crise econômica prejudica mais os pobres

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou nesta quarta-feira (24) que os pobres são os mais prejudicados com a crise econômica que “atinge as pessoas de renda mais baixa”. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Agência Brasil

Por Matheus Morais no dia 24 de Agosto de 2016 ⋅ 12:12

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou nesta quarta-feira (24) que os pobres são os mais prejudicados com a crise econômica que “atinge as pessoas de renda mais baixa”. Na oportunidade, Meirelles disse ainda que o governo não pode resolver o problema do déficit e da dívida simplesmente por meio de aumento de impostos porque a carga tributária já cresceu muito nos últimos anos e está entre as mais altas do mundo.

“Impostos de forma transitória podem ser necessários. Não podemos descartar no futuro, mas não está em discussão [no momento]”, afirmou Meirelles, ao falar na Comissão Especial sobre Novo Regime Fiscal, na Câmara dos Deputados.

De acordo com Henrique Meirelles, o maior problema econômico do país é interno, provocado pelo descontrole fiscal e que levou o país a enfrentar a maior crise de sua história. Ele voltou a criticar, entre outras coisas, as “políticas de expansão fiscal e de desonerações seletivas”. Destacou que a recuperação da confiança na estabilidade da dívida pública será importante para a recuperação da economia com redução das taxas de juros, entre outras consequências.

O ministro disse que, com as medidas fiscais que o governo pretende adotar, haverá aumento da confiança, da retomada do investimento privado, do crescimento da economia, com o aumento do emprego e da renda, queda de juros e mais recursos para investimento e consumo. Regras de melhor controle de gastos estimulam melhores pad

Notícias relacionadas