Política

Temer afirma que processo de impeachment é “natural da democracia”

Após evento no Palácio do Planalto que marcou o início do revezamento da tocha paralímpica, o presidente em exercício, Michel Temer (PMDB), em rápida conversa com jornalistas, negou estar nervoso com o julgamento do Impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff (PT). Ele afirmou ainda considerar “normal” o processo de impedimento, que começou a ser julgado nesta quinta-feira e deverá ser concluído na próxima semana. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Marcelo Camargo/Agência Brasil

Por Laura Lorenzo no dia 25 de Agosto de 2016 ⋅ 18:00

Após evento no Palácio do Planalto que marcou o início do revezamento da tocha paralímpica, o presidente em exercício, Michel Temer (PMDB), em rápida conversa com jornalistas, negou estar nervoso com o julgamento do Impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff (PT). Ele afirmou ainda considerar “normal” o processo de impedimento, que começou a ser julgado nesta quinta-feira e deverá ser concluído na próxima semana. 

"É uma coisa tão natural da democracia", respondeu o presidente ao ser questionado sobre a sua insegurança em relação ao processo de afastamento.

Durante seu discurso para os Jogos Paralímpicos o peemedebista assegurou que, independente do resultado da votação do processo de impeachment, comparecerá à festa de abertura da Paraolimpíada no dia 2 de setembro. Temer também aproveitou para elogiar sua equipe que participou da organização das Olimpíadas do Rio.

“Em qualquer circunstância, esteja eu na posição que vier a estar, quero dizer que é com muita emoção, com muita alegria cívica e com muito patriotismo que irei à abertura dos Jogos Paralímpicos. Farei isso com um gosto extraordinário”, concluiu o presidente interino. 

Notícias relacionadas

[Dodge pede mais 60 dias para investigação sobre Aécio]
Política

Dodge pede mais 60 dias para investigação sobre Aécio

Por Marina Hortélio no dia 16 de Novembro de 2018 ⋅ 16:00 em Política

Inquérito que investiga o senador por suposto recebimento de valores indevidos pela Construtora Norberto Odebrecht para a campanha eleitoral de 2014

[Moro pede exoneração do cargo de juiz ]
Política

Moro pede exoneração do cargo de juiz 

Por Alexandre Galvão no dia 16 de Novembro de 2018 ⋅ 13:33 em Política

No documento, o futuro ministro da Justiça alegou que é notório o convite e aceite para a assumir a pasta em 2019