Política

Lula deve assistir ao pronunciamento de Dilma das galerias do Senado

O local no plenário vinha sendo ocupado por jornalistas e fotógrafos, nos três primeiros dias da sessão. A proposta inicial era que os convidados da presidente afastada e do presidente em exercício, Michel Temer, ficassem nas poltronas situadas nas laterais do plenário, mas o petista pediu para acompanhar da galeria. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Tácio Moreira / Metropress

Por Camila Tíssia no dia 27 de Agosto de 2016 ⋅ 16:01

O pronunciamento da presidente afastada, Dilma Rousseff, durante o julgamento do processo de impeachment será acompanhado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na próxima segunda-feira (27). De acordo com os senadores Renan Calheiros (PMDB-AL), Humberto Costa (PT-PE) e Paulo Rocha (PT-PA), o petista vai assistir às declarações das galerias do Senado Federal.

O local no plenário vinha sendo ocupado por jornalistas e fotógrafos, nos três primeiros dias da sessão. De acordo com o G1, a proposta inicial era que os convidados da presidente afastada e do presidente em exercício, Michel Temer, ficassem nas poltronas situadas nas laterais do plenário, mas o petista pediu para acompanhar da galeria. Segundo senador Paulo Rocha (PT-PA), o ex-presidente chegará a Brasília neste domingo (28).

Lula esteve nessa sexta-feira (26) em Brasília, onde ficou por algumas horas e voltou para São Paulo. Senadores afirmam que, ele se reuniu com Dilma no Palácio da Alvorada para avaliações políticas relacionadas ao processo de impeachment.

Ainda ontem, a Polícia Federal indiciou o ex-presidente, a mulher dele, Marisa Letícia e mais três em processo da Lava-Jato de investigação sobre triplex no Guarujá (SP).

Notícias relacionadas