Política

Após pergunta de Aécio, Dilma diz que senador a acusa"sistematicamente"

A presidente afastada, Dilma Rousseff, voltou a encontrar o senador Aécio Neves (PSDB-MG) nesta segunda-feira (29), durante o julgamento do impeachment no Senado, após uma série de debates nas eleições presidenciais em 2014.[Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Reprodução/TV Senado

Por Matheus Simoni no dia 29 de Agosto de 2016 ⋅ 14:41

A presidente afastada, Dilma Rousseff, voltou a encontrar o senador Aécio Neves (PSDB-MG) nesta segunda-feira (29), durante o julgamento do impeachment no Senado, após uma série de debates nas eleições presidenciais em 2014. Durante a fase de questionamentos, o tucano comentou estar triste por ter que questioná-la durante esse processo. Aécio disse que não imaginava encontrá-la nessa situação, após o último debate entre os dois no segundo turno de 2014.

"O voto não é um salvo conduto", afirmou Aécio, durante pergunta direcionada a Dilma. "Em que dimensões vossa excelência e seu governo se sentem responsáveis pela recessão, pelos 10 milhões de desempregados e pela perda geral de renda dos brasileiros?", disse o senador.

Em sua resposta, Dilma também disse que jamais imaginaria que, depois dos debates, eles se encontrariam atualmente nesta situação. A petista afirmou que, após as eleições, Aécio Neves passou a acusá-la "sistematicamente" para tentar reverter o resultado das urnas e que houve uma "artificial conduta no sentido de inviabilizar" o governo.

"Os projetos que enviamos para buscar uma saída fiscal ao Congresso foram rejeitadas", declarou Dilma, ressaltando que tentou minimizar as consequências da crise econômica. "Respeito todos os que concorreram comigo nas eleições. Não respeito é eleição indireta feita a partir do meu impeachment sem crime de responsabilidade", disse ela.

Notícias relacionadas

[Joceval nega que vá deixar a base de ACM Neto]
Política

Joceval nega que vá deixar a base de ACM Neto

Por Matheus Simoni e Alexandre Galvão no dia 17 de Dezembro de 2018 ⋅ 15:40 em Política

O nome do vereador integra o bloco, que conta ainda com os vereadores Maurício Trindade (DEM) e Fábio Souza (PHS)