Política

Neto diz que vai "buscar reparação" por acusações de superfaturamento

O prefeito ACM Neto (DEM), candidato à sua reeleição, confirmou na manhã desta quinta-feira (1º) que manterá a ação judicial contra a vice-prefeita, e sua concorrente nas eleições deste ano, Célia Sacramento (PPL). [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Divulgação/Agecom

Por Laura Lorenzo no dia 01 de Setembro de 2016 ⋅ 15:01

O prefeito ACM Neto (DEM), candidato à reeleição em Salvador, confirmou na manhã desta quinta-feira (1º) que manterá a ação judicial contra a vice-prefeita, e sua concorrente nas eleições deste ano, Célia Sacramento (PPL). Neto declarou, em conversa com o Bocão News, que não pode abrir mão de ter a sua honra reparada pela Justiça, após as acusações da adversária.

“A minha honra é o maior patrimônio que tenho. É fácil chegar uma pessoa e lhe acusar de alguma coisa e uma semana depois dizer: ‘eu não quis dizer isso’. O estrago está feito. Na história, está lá a declaração. Quando vou a Justiça, vou buscar a reparação do estrago que foi feito, com a consciência de quem faz as coisas direito. Quem faz as coisas direito não deve ter nenhum receio”, disse o democrata.

“O que me faz sofrer menos na política e na vida pública é que eu não guardo raiva e nem ódio. Não sou refém desse tipo de coisa. Agora, tudo tem seu limite. Existem críticas que podem ser duríssimas, muito injusta, mas estão no campo político e administrativo, quando ultrapassa para fazer ataque a honra e a moral não posso abrir mão de ter uma reparação”, completou. O gestor lamentou ainda que “pessoas na vida pública agridam a outra em assaque contra a sua honra e a sua moral e depois voltem atrás com medo do desfecho de um processo judicial”. 

"Obras com custo maior" - Em entrevista feita no dia 21 de agosto, Célia acusou Neto de superfaturação nas obras de sua gestão, referindo-se à requalificação do Rio Vermelho e da Barra e a obra da ciclovia do subúrbio. "Com essa expertise [na área de finanças públicas] posso dizer: tivemos uma série de obras que foram feitas na prefeitura com custo muito maior do que deveria. Quero apenas que a Justiça reconheça o absurdo que foi dito e tenha uma retratação. Não quero nada além disso”, destacou o prefeito. 

Ação contra Alice - Neto abriu um processo também contra a candidata à prefeitura Alice Portugal (PCdoB), que utilizava o nome do concorrente em sua campanha eleitoral, chamando-o de golpista. O juiz eleitoral Oséias Costa de Souza proibiu a coligação "Sim para Salvador", da concorrente, de veicular no rádio e na televisão. O descumprimento da decisão liminar prevê multa diária de R$ 10 mil, além das consequências previstas na lei eleitoral.

Leia mais:

Depois de acusar ACM Neto de superfaturar obras, Célia Sacramento volta atrás

"Não vou recorrer ao erro dela. Ela contribuiu", diz Neto sobre Célia

Notícias relacionadas

[Temer assina decreto de extradição de Cesare Battisti]
Política

Temer assina decreto de extradição de Cesare Battisti

Por Matheus Simoni no dia 14 de Dezembro de 2018 ⋅ 16:54 em Política

Condenado por quatro homicídios na Itália na década de 1970, Battisti estava no Brasil e encontra-se foragido da justiça, segundo a Polícia Federal