Política

"A campanha é pra me calar?", questiona Alice sobre falta de debates

Durante a sabatina da rádio Itapoan FM realizada nesta quinta-feira (1), a candidata à prefeitura pela primeira vez e deputada federal, Alice Portugal (PCdoB) disse que o atual prefeito ACM Neto (Dem) "judicializa questões que são públicas". Alice, que já foi alvo de sete liminares de Neto contra a sua campanha, disse que iria recorrer das decisões. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Tácio Moreira/ Metropress

Por Luiza Leão no dia 01 de Setembro de 2016 ⋅ 18:56

Durante a sabatina da rádio Itapoan FM realizada nesta quinta-feira (1), a candidata à prefeitura pela primeira vez e deputada federal, Alice Portugal (PCdoB), disse que o atual prefeito ACM Neto (Dem) "judicializa questões que são públicas". Ela ainda questiona a campanha do democrata: "é pra me calar?".

"Ele [Neto] tem negado o debate. Ao invés de vir pro debate, judicializa questões que são públicas. O juiz dá uma liminar de algo que é publico e oficial. Eu cobro e desafio prefeito para o debate, é necessário que isso aconteça", declarou.

Com seu jingle político suspenso sob multa de 20 mil reais por dia, por se referir ao prefeito de Salvador como "golpista", disse não estar se dirigindo ofencivamente contra ninguém. Para ela, golpista é o partido ao qual ele pertence. "Esse partido representa o que há de mais ortodoxo. Quem apoia o golpe é golpista. Cada um vista a carapuça que lhe couber", opinou. 

Notícias relacionadas