Política

Ministro promete “gabinete aberto” e “tapete vermelho” para Rui em Brasília

Segundo o ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, se depender dele, a relação do governo federal, comandado por Michel Temer (PMDB), com o governador Rui Costa (PT), será a melhor possível.Questionado por Mário Kertész sobre a fama de brigão, Geddel confessou o “pavio curto” [Leia mais...~]

[Imagem not found]
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Bárbara Silveira e Matheus Morais no dia 05 de Setembro de 2016 ⋅ 08:50

Segundo o ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, se depender dele, a relação do governo federal, comandado por Michel Temer (PMDB), com o governador Rui Costa (PT), será a melhor possível.
Questionado por Mário Kertész sobre a fama de brigão, Geddel confessou o “pavio curto”, mas disse que o petista será recebido em Brasília com “gabinete aberto” e “tapete vermelho“.

“Já fui mais brigão. Tem coisas que você não esconde, eu tenho temperamento forte. Mas hoje, meu pavio continua curto, mas demora mais de acender. Meu desafio é poder contribuir efetivamente para o Brasil. Eu liguei para o Rui, disse que a porta [do gabinete] estava aberta. Estamos analisando repasses para o Nordeste. Se o Rui chegar em Brasília, estaremos com as portas abertas, as portas do gabinete aberta. Se o Rui avisar antes, boto até tapete vermelho para recebe-lo”, ironizou.  

Comparando Rui com o ex-governador Jaques Wagner, Geddel ressaltou a já conhecida "falta de olhos azuis" e destacou a personalidade de cada gestor. "Wagner tem um estilo mais despojado. Não é só pelo olho azul não, cada um tem seu estilo, o Rui tem uma cara mais fechada, tem estilo de valentão. Não dividir mesa com ele, minha relação com ele é institucional. Espero que agora o governador desça do palanque e acabe com essa conversa de governo ilegitimo. Não tenho intriga com Neto e espero que Rui tenha com a gente uma relação institucional", disse.  

Notícias relacionadas