Política

Antônio Imbassahy comenta cassação de Cunha: "Resultado surpreendente"

O líder do PSDB Antônio Imbassahy foi entrevistado por José Eduardo, na manhã desta terça-feira (13), na Rádio Metrópole, e comentou a sessão que votou a cassação do mandato de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) como deputado federal. Para o parlamentar, o resultado foi "surpreendente". [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Jessica Galvão no dia 13 de Setembro de 2016 ⋅ 09:45

O líder do PSDB Antônio Imbassahy foi entrevistado por José Eduardo, na manhã desta terça-feira (13), na Rádio Metrópole, e comentou a sessão que votou a cassação do mandato de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) como deputado federal. Para o parlamentar, o resultado foi "surpreendente". "Foi um sessão longa e o resultado até surpreendente pelo tamanho da derrota, 450 votos a favor da cassação, contra apenas 10, que mostra ai a crueldade da vida", falou.

Na ocasião, Imbassahy disse ainda que trabalhou muito para que a sessão fosse tranquila. "Na segunda-feira durante a manhã, almoçei com Rodrigo Maia e conversei com muitas lideranças, para que a gente tivesse uma sessão de preservar a dignidade e a honra da Câmara dos Deputados, e oferecesse a Cunha o mais amplo direito de defesa, e que durante a sessão, os limites da boa convivência e da civilidade fossem respeitadas. Poderia ter uma sessão muito tumultuada. Eu trabalhei muito para que a temperatura baixasse. E, no final, o Rodrigo Maia conseguiu conduzir a sessão, que foi até mais rápida que a previsão, e ele manteve o compromisso de só iniciar com o quórum alto, com 400 deputados. Ele manteve a palavra e isso assegurou que a vontade da maioria dos deputados pudesse ser expressa. Se a gente começasse com o quórum baixo, poderia dar um resultado distorcido da realidade", disse.

Notícias relacionadas

[Bolsonaro anuncia Mandetta para Ministério da Saúde]
Política

Bolsonaro anuncia Mandetta para Ministério da Saúde

Por Matheus Simoni no dia 20 de Novembro de 2018 ⋅ 14:40 em Política

Filiado ao DEM, Mandetta é investigado por suposta fraude em licitação, tráfico de influência e caixa dois na implementação de um sistema de informatização da saúde em Ca...