Política

Candidato acusa adversário de truculência e ameaças em São Sebastião do Passé

A campanha eleitoral em São Sebastião do Passé está mesmo quente. O candidato Dr. Breno Konrad (PSD) divulgou uma nota nesta quarta-feira (14) em que acusa a coligação adversária, "Frente popular pela reconstrução da nossa cidade", de truculência e ameaças. Em nota, Konrad e o vice de sua chapa, Fábio Argôlo, acusam o filho da candidata Nilza da Mata (PP) de agir de modo "covarde, desrespeitoso e antidemocrático". [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Divulgação

Por Felipe Paranhos no dia 14 de Setembro de 2016 ⋅ 12:02

A campanha eleitoral em São Sebastião do Passé está mesmo quente. O candidato Dr. Breno Konrad (PSD) divulgou uma nota nesta quarta-feira (14) em que acusa a coligação adversária, "Frente popular pela reconstrução da nossa cidade", de truculência e ameaças. Em nota, Konrad e o vice de sua chapa, Fábio Argôlo, acusam o filho da candidata Nilza da Mata (PP) de agir de modo "covarde, desrespeitoso e antidemocrático".

Segundo Konrad, o filho de Nilza, Cacau da Mata, encabeçou uma "retirada truculenta de adesivos das casas, que foram colados com autorização dos moradores". "Houve também agressões verbais a Dr. Breno e ameaças à equipe de voluntários que estava no local. A ação arquitetada pela oposição, demonstra o desespero do grupo pelo poder, bem como o desespero para gerir nossa cidade. Além disso, fere de maneira descabida a democracia", diz o texto.

Ainda de acordo com a Coligação Avança São Sebastião, foi registrado um Boletim de Ocorrência na polícia depois do incidente. "Outras medidas cabíveis contra o responsável pelo ataque serão avaliadas em conjunto com a equipe jurídica", encerra a nota. 

Notícias relacionadas