Política

Ex-direitos: Cunha perde R$ 165,4 mil por mês depois de cassação

O ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) perdeu vários direitos e benefícios que custavam, aos cofres públicos, R$ 165,4 mil. Não sobrou nada, só a Assistência Médica da Câmara, que ele terá que pagar. [ Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : jornaldotocantins

Por M1 no dia 14 de Setembro de 2016 ⋅ 16:02

O ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) perdeu vários direitos e benefícios que custavam, aos cofres públicos, R$ 165,4 mil. Não sobrou nada, só a Assistência Médica da Câmara, que ele terá que pagar. 

Publicidade

O salário integral de R$ 33,7 mil, o chamado cotão, que é um subsídio integral de R$ 35.388,11 para gastar com alimentação, aluguel de veículos e escritório, além de divulgação do mandato, entre outras despesas, também foi para o "beleléu"

Cunha perdeu o gabinete parlamentar e a verba de R$ 92 mil destinada à contratação de pessoal. Os deputados podem empregar até 25 secretários parlamentares. 

Cunha agora tem até 30 dias para deixar o apartamento funcional, e deve se mudar, em breve, para sua casa no Rio de Janeiro.

 

Notícias relacionadas

[Temer assina decreto de extradição de Cesare Battisti]
Política

Temer assina decreto de extradição de Cesare Battisti

Por Matheus Simoni no dia 14 de Dezembro de 2018 ⋅ 16:54 em Política

Condenado por quatro homicídios na Itália na década de 1970, Battisti estava no Brasil e encontra-se foragido da justiça, segundo a Polícia Federal

[Bolsonaro quer anunciar revisão de acordo do Mercosul]
Política

Bolsonaro quer anunciar revisão de acordo do Mercosul

Por Matheus Simoni no dia 14 de Dezembro de 2018 ⋅ 13:20 em Política

O evento na Suíça servirá para Bolsonaro fazer uma defesa enfática da aprovação de uma reforma previdenciária, ressaltando que será a sua primeira medida estruturante