Política

Jaques Wagner critica decisão do MPF contra Lula: "é um desserviço"

A denúncia do Ministério Público Federal (MPF) contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva repercutiu entre membros do Partido dos Trabalhadores nesta quinta-feira (15). [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Fernando Frazão/Agência Brasil

Por Matheus Simoni no dia 15 de Setembro de 2016 ⋅ 15:07

A denúncia do Ministério Público Federal (MPF) contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva repercutiu entre membros do Partido dos Trabalhadores nesta quinta-feira (15). Ao lado do petista durante uma coletiva de imprensa em São Paulo, o ex-governador da Bahia e ex-ministro da Casa Civil, Jaques Wagner, afirmou que a investida contra Lula pode estimular protestos em todo o país.

"Essa coisa de ‘chefe não sei o que’ é um desserviço", afirmou Wagner a jornalistas, em alusão à expressão utilizada pelos procuradores da Lava Jato, que disseram na última quarta-feira que Lula era o "comandante máximo" do esquema investigado pela operação. "O que será que pensa o empresário lá de fora, vendo que de um lado passam a rasteira numa presidente, do outro lincham o presidente?", perguntou. "A imagem lá fora vai ser de que a democracia aqui é um farrapo", declarou.

O ex-ministro afirmou que possui "muito apreço" pelo MPF, embora tenha acusado a instituição de politizar as denúncias contra Lula. "Todo mundo sabe, é clássico, que quando a política entra no tribunal, a Justiça sai pela janela", disse Wagner.

Notícias relacionadas