Política

Otto diz que pode aprovar matérias do governo Temer: “Mas não para ter cargos”

O senador Otto Alencar (PSD), que votou contra o impeachment da ex-presidente da República Dilma Rousseff, afirmou em entrevista à Rádio Metrópole nessa segunda-feira (19), que pode votar a favor de matérias propostas pelo governo Michel Temer (PMDB) [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Jefferson Rodrigues/Agência Senado

Por Bárbara Silveira e Matheus Morais no dia 19 de Setembro de 2016 ⋅ 08:50

O senador Otto Alencar (PSD), que votou contra o impeachment da ex-presidente da República Dilma Rousseff, afirmou em entrevista à Rádio Metrópole nessa segunda-feira (19), que pode votar a favor de matérias propostas pelo governo Michel Temer (PMDB).

“Pra defender o estado. Mas não para ter cargos no governo para o PSD na Bahia. Eu tenho no governo um ministro do meu partido, o Gilberto Kassab”, disse. Ressaltando que foi  “a única voz discordante do partido no processo de impeachment”, Otto disse estar atento a retaliações para o estado por conta do seu apoio a petista. “Se houver alguma retaliação do governo contra o meu estado, vou levantar a minha voz”, adiantou. 

Participando ativamente das campanhas municipais no interior do estado, o senador avaliou o clima da política nacional após a alternância de governo. “Na minha opinião, o governo deve se firmar com as reformas que estão por vir, deve ter uma estabilidade politica. Quando se sai de impeachment, ficam feridas abertas. O Temer foi eleito com Dilma, com os que participaram da campanha. Ele deve procurar se firmar primeiro e fazer um trabalho que ganhe a confiança do povo. No Senado e na Câmara não há clima, o Rodrigo Maia [presidente da Câmara] já disse que esse não se vota as reformas”, afirmou. 

 

Notícias relacionadas