Política

Cunha usa rede social para comemorar rejeição de liminar da PEC da maioridade

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB), comemorou em seu perfil no Twitter, neste sábado (11), a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que negou suspender os procedimentos da emenda da PEC da maioridade penal. Ele disse que segue “Que a vontade da população permaneça sobre a vontade de uma minoria política”. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Reprodução/ Fotos Públicas

Por Bárbara Gomes no dia 11 de Julho de 2015 ⋅ 19:58

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB), comemorou em seu perfil no Twitter, neste sábado (11), a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que negou suspender os procedimentos da emenda da PEC da maioridade penal. Ele disse que segue “Que a vontade da população permaneça sobre a vontade de uma minoria política”. Em seguida, Cunha publicou que o segundo turno da votação da redução da maioridade vai acontecer só na volta do recesso. 

A liminar foi negada pelo ministro Celso de Mello na sexta-feira (10) e publicada neste sábado pelo STF. Mas o deputado Alessandro Molon (PT-RJ), que organizou recorrer ao Supremo, disse que poderá entrar novamente com uma liminar.

Notícias relacionadas

[STJ torna Luiz Caetano inelegível pela Lei da Ficha Limpa]
Política

STJ torna Luiz Caetano inelegível pela Lei da Ficha Limpa

Por Matheus Simoni no dia 21 de Setembro de 2018 ⋅ 14:40 em Política

Condenação se deu por causa de irregularidades na contratação da Fundação Humanidade Amiga (Fhunami), feita no período em que petista foi prefeito em Camaçari

[Alckmin sobe tom contra Bolsonaro em propaganda eleitoral]
PolíticaELEIÇÕES 2018

Alckmin sobe tom contra Bolsonaro em propaganda eleitoral

Por Juliana Rodrigues no dia 21 de Setembro de 2018 ⋅ 09:20 em Política

Campanha do tucano atacou proposta de Paulo Guedes e associou polarização à transformação do Brasil em uma "nova Venezuela"