Política

Seis representantes se ausentam do discurso de Temer na assembleia da ONU

Durante o discurso que o presidente Michel Temer (PMDB) fez, nesta terça-feira (20) na 71ª Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), os representantes da Venezuela, Equador e Nicarágua, países abertamente críticos ao Impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), deixaram a plenária da ONU. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Beto Barata/ PR

Por Laura Lorenzo no dia 20 de Setembro de 2016 ⋅ 15:20

Durante o discurso que o presidente Michel Temer (PMDB) fez, nesta terça-feira (20) na 71ª Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), os representantes da Venezuela, Equador e Nicarágua, países abertamente críticos ao Impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), deixaram a plenária da ONU, recusando-se a ouvir o pronunciamento do peemedebista. Faltaram também os representantes de Cuba e da Bolívia, que só chegaram à reunião após a fala.

O presidente brasileiro defendeu a legalidade do Impeachment e também a situação política do Brasil. “Não há democracia sem Estado de direito, sem normas que se apliquem a todos, inclusive aos mais poderosos.Tudo transcorreu dentro do mais absoluto respeito à ordem constitucional”, disse. 

 

Notícias relacionadas