Política

Jaques Wagner pede que baianos repensem intenção de voto em Neto

O ex-governador e ex-ministro da Casa Civil Jaques Wagner (PT) postou em suas redes sociais um vídeo onde ele pede que os baianos repensem suas intenções de voto nos candidatos que concorrem aos cargos de prefeito e vereador no estado durante as eleições deste ano, dos partidos DEM, PMDB e PSDB. Segundo Wagner, essas são as legendas que apoiaram o impeachment da ex-presidente Dilma (PT). [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Elza Fiúsa/ Agência Brasil

Por Laura Lorenzo no dia 20 de Setembro de 2016 ⋅ 16:25

O ex-governador e ex-ministro da Casa Civil Jaques Wagner (PT) postou em suas redes sociais um vídeo onde ele pede que os baianos repensem suas intenções de voto nos candidatos que concorrem aos cargos de prefeito e vereador no estado durante as eleições deste ano, dos partidos DEM, PMDB e PSDB. Segundo Wagner, essas são as legendas que apoiaram o impeachment da ex-presidente Dilma (PT).

“Em 2014 mais de 70% dos baianos votaram em Dilma Rousseff. Em Salvador não foi diferente. Depois eles cassaram a Presidenta e violentaram o seu voto. Sabe quem comandou a violência no Congresso? DEM, PMDB e PSDB. O 25, o 15 e o 45. Será que agora eles merecem o seu voto? Pense nisso antes de votar”, fala o ex-ministro no vídeo. 

ACM Neto (DEM), o atual prefeito de Salvador e candidato a reeleição, representa a coligação justamente desses três partidos. Na última pesquisa divulgada pelo Ibope, o democrata apareceu com 69% da intenção de voto dos eleitores soteropolitanos. 

 

Veja o vídeo:

 

Notícias relacionadas

[Economista é indicado para assumir Enem]
Política

Economista é indicado para assumir Enem

Por Alexandre Galvão no dia 21 de Janeiro de 2019 ⋅ 15:55 em Política

Teixeira é professor da PUC-Rio nos cursos de graduação e pós-graduação em Administração

[Juiz manda PT baiano devolver mais de R$ 40 mil ]
Política

Juiz manda PT baiano devolver mais de R$ 40 mil 

Por Alexandre Galvão no dia 21 de Janeiro de 2019 ⋅ 09:56 em Política

Nas ações, são citados o presidente do partido na Bahia, Everaldo Anunciação e Ivan Alex Teixeira Lima, secretário de Finanças