Política

Deputados federais baianos têm gasto milionário em combustível

Você sabia que os deputados federais têm uma cota de combustível de até R$ 6 mil por mês? Pois: entre os mais variados benefícios, os parlamentares podem gastar todo esse dinheiro, mensalmente, que terão reembolso garantido da Câmara dos Deputados [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Bárbara Silveira e Felipe Paranhos no dia 22 de Setembro de 2016 ⋅ 06:05

Você sabia que os deputados federais têm uma cota de combustível de até R$ 6 mil por mês? Pois: entre os mais variados benefícios, os parlamentares podem gastar todo esse dinheiro, mensalmente, que terão reembolso garantido da Câmara dos Deputados. 

Juntos, os 42 parlamentares baianos que passaram pela Casa em 2016 gastaram R$ 1,117 milhão em postos de combustível Brasil afora. Parece até que é de carro que eles viajam de Salvador a Brasília toda semana. E, mesmo se fosse, o valor seria suficiente para encher o tanque quase 7 mil vezes. 
Pra piorar, há notas de gastos de mais de R$ 4 mil em um mesmo posto, no mesmo dia, e deputados que declararam notas e cupons fiscais de abastecimento na Bahia quando na verdade estavam em Brasília. No mínimo, estranho.

Mostrou nota, tem reembolso
O sistema de cota parlamentar para combustível funciona da seguinte maneira: o deputado tem até R$ 6 mil para gastar mensalmente com o abastecimento de seus veículos e terá este valor reembolsado sempre que comprovar o pagamento por meio de cupons fiscais. Feito isso, o dinheiro volta para os bolsos do parlamentar. 

Onipresente: florence abastece em camaçari enquanto trabalha na câmara
De carro, uma viagem de Salvador a Brasília dura de 16 a 18 horas. De avião, 1h40min — sem contar trânsito e atrasos. Mas Afonso Florence  (PT) parece ter desafiado esta lógica. No dia 23/2, ele esteve numa sessão às 14h e em outra às 19h58. Isso em Brasília. No entanto, prestou contas de um abastecimento no Posto Jauá, em Camaçari, às 17h24. Será que Florence virou o The Flash? 

O deputado justificou que um assessor cumpria agenda por ele. “Quero checar quem foi até lá cumprir alguma função, não sei quem. Mas quando alguém se desloca para levar um ofício, um assessor a uma reunião, tem que abastecer”, falou.

Arthur maia: LAvagem, troca de óleo, Gasolina de avião...
O regulamento da Câmara para o uso da cota não especifica para qual veículo os deputados devem comprar combustível. Assim, os proprietários de aeronaves — como Magalhães, que declarou um bimotor Beech Craft 1978 ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em 2014 — não cometem ilegalidades ao usar a cota para voar. 

Já Arthur Maia (PPS), que não declarou ao TSE possuir uma aeronave, já prestou contas de quase R$ 19 mil em gasolina de aviação este ano. Maia também pagou troca de óleo, de filtros e até lavagem e aspiração de seu carro com a cota de combustível da Câmara. Consultada, a assessoria de Arthur afirmou que precisaria “consultar o financeiro” para informar se o deputado possui um avião, mas não se pronunciou até o fechamento da edição.

Por que um vive oito meses com R$ 5 mil de combustível e outro precisa de 47 mil?
Em viagem pelo interior, o deputado Paulo Magalhães (PSD) não falou à Metrópole, mas seu chefe de gabinete creditou os altos gastos ao fato de que o deputado roda muito pela Bahia. “Tem muita despesa porque tem combustível de avião. (...) São as viagens a cada município. Um avião queima 200 L de combustível por hora. E custa o dobro da gasolina do automóvel”, falou Jenner de Moraes.

Apesar de ser o deputado que menos gastou combustível entre os que estiveram no cargo o ano todo, Bacelar (PTN) sugeriu, acredite, um salário maior. “O ideal seria que tivesse um salário que cobrisse essas despesas e acabassem esses penduricalhos que só desgastam o parlamento”, opinou. 
Ao ser informado de quanto gastou Magalhães, Bacelar justificou-se pelo colega e disse que o menor custo se deve ao fato de que suas bases são em Salvador e Região Metropolitana, enquanto outros deputados precisam viajar mais pelo estado.

Notícias relacionadas

[Moro deve trocar comando da Polícia Federal]
Política

Moro deve trocar comando da Polícia Federal

Por Marina Hortélio no dia 17 de Novembro de 2018 ⋅ 08:30 em Política

De acordo com a Folha, o atual superintendente da PF do Paraná, o delegado Maurício Valeixo, é um dos principais cotados para assumir o posto de diretor-geral da PF ou in...

[Dodge pede mais 60 dias para investigação sobre Aécio]
Política

Dodge pede mais 60 dias para investigação sobre Aécio

Por Marina Hortélio no dia 16 de Novembro de 2018 ⋅ 16:00 em Política

Inquérito que investiga o senador por suposto recebimento de valores indevidos pela Construtora Norberto Odebrecht para a campanha eleitoral de 2014

[Moro pede exoneração do cargo de juiz ]
Política

Moro pede exoneração do cargo de juiz 

Por Alexandre Galvão no dia 16 de Novembro de 2018 ⋅ 13:33 em Política

No documento, o futuro ministro da Justiça alegou que é notório o convite e aceite para a assumir a pasta em 2019