Política

Presidente da CUT afirma que Moro quer impedir candidatura de Lula em 2018

O presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT-BA), Cedro Silva, criticou nesta quinta-feira (22), em Salvador, durante o “Dia Nacional de Paralisação”, a decisão do juiz Sérgio Moro, de mandar prender o ex-ministro da Fazenda, Guido Mantega. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Reprodução /Facebook

Por Laura Lorenzo no dia 22 de Setembro de 2016 ⋅ 17:02

O presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT-BA), Cedro Silva criticou nesta quinta-feira (22), em Salvador, durante o “Dia Nacional de Paralisação”, a decisão do juiz Sérgio Moro, de mandar prender o ex-ministro da Fazendo Guido Mantega. O ex-ministro foi preso enquanto estava no hospital com sua mulher que se recupera de um câncer.

Segundo Cedro Silva, “esse juiz está mostrando quem ele é. Tirar um cidadão que só está sendo acusado" de dentro de um hospital "com a mulher tratando um câncer... Não merece nosso respeito”, afirmou Cedro. 

O presidente da CUT afirmou ainda, que Moro, com a tentativa de incriminar Lula, quer impedir que o ex-presidente se candidate nas eleições de 2018.  “ O que estão querendo fazer é judicializar o PT, para inviabilizar que em 2018 Lula concorra às eleições", disse. 

Cedro condenou também as medidas tomadas pelo presidente Michel Temer, citando a reforma das leis trabalhistas e a mudança do 13º salário. 

 

Confira galeria de fotos completa:

Notícias relacionadas

[Ação do DEM no STF pode tirar o mandato de 27 deputados]
Política

Ação do DEM no STF pode tirar o mandato de 27 deputados

Por Juliana Rodrigues no dia 16 de Dezembro de 2018 ⋅ 08:00 em Política

Processo que questiona as novas regras para a divisão de cadeiras remanescentes tem o potencial de rachar o Centrão, segundo a Coluna do Estadão