Política

Alice critica ausência de Neto em debate da Record: "Atitude arrogante"

Presente na TV Record Bahia para o debate com os candidatos a prefeito de Salvador, na noite deste domingo (25), a candidata do PCdoB Alice Portugal falou ao Metro1 sobre suas expectativas e criticou o candidato à reeleição ACM Neto (DEM), que mais uma vez não participará da discussão. Classificando a falta do democrata como "arrogante", a comunista lamentou. "Isso é muito ruim porque você não consegue fazer o debate com todos os que pleiteiam governar. Isso é uma demonstração da incapacidade de lidar com o contraditório", disse. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Gabriel Nascimento e Matheus Morais no dia 25 de Setembro de 2016 ⋅ 22:09

Presente na TV Record Bahia para o debate com os candidatos a prefeito de Salvador, na noite deste domingo (25), a candidata do PCdoB Alice Portugal falou ao Metro1 sobre suas expectativas e criticou o candidato à reeleição ACM Neto (DEM), que mais uma vez não participará da discussão. Classificando a falta do democrata como "arrogante", a comunista lamentou. "Isso é muito ruim porque você não consegue fazer o debate com todos os que pleiteiam governar. Isso é uma demonstração da incapacidade de lidar com o contraditório. Essa incapacidade é também extremamente complicada para quem pretende governar mais uma vez Salvador. É uma atitude arrogante, acima dos demais, não é saudável para a política", afirmou.

Apesar da ausência do principal adversário, Alice declarou que vai "continuar fazendo uma avaliação sobre o atual momento da cidade" durante o debate. "Este momento da cidade, incluso numa circunstância atípica da política nacional. Sob o golpe parlamentar, jurídico que acontece no Brasil. O destino da cidade que estará na mão dos eleitores precisará ser tratado com bastante profundidade", declarou. 

Questionada sobre o "boicote", proposto pelo candidato Pastor Sargento Isidório (PDT), ao debate da TV Bahia único que contará com a participação de Neto , Alice informou: "Vamos conversar com os partidos, com a coordenação da campanha. Confirmei a ida ao debate, evidentemente quero debater com o atual prefeito da cidade. Quero olhar nos olhos dele e perguntar se a cidade vai bem, se os serviços estão funcionando, se tem creche, se a merenda escolar chega na mesa da criança, isso seria interessante. O que penso a principio é apelar pra que todos sejam recebidos e não deixá-lo passear na emissora que ele é sócio, farei a discussão, não vou apresentar posição fechada", ressaltou. 

A comunista falou ainda sobre as pesquisas que não mostram avanço em sua candidatura. "Hoje pela manhã fui para o Suburbio Ferroviário. Visitei vários bairros e a pesquisa das ruas é outra. Pesquisa não é eleição. Estou animada, indo pras ruas, fazendo caminhadas, debates nas uiversidades. Isso me anima em um processo eleitoral que no dia 2 de outubro o cidadão vai decidir", finalizou. 

Notícias relacionadas