Política

Cláudio Silva desconversa sobre R$ 800 mil declarados: "Não vou dizer"

Questionado mais uma vez pelo Metro1, na noite deste domingo (25), sobre origem dos R$ 800 mil (em espécie) declarados em seu imposto de renda e o local onde o dinheiro é guardado, o candidato a prefeito de Salvador, Cláudio Silva (PP), decidiu, desta vez, mostrar seu "bom humor". "Olha, não vou dizer porque não sei qual é a sua intenção", afirmou antes do debate da TV Record Bahia. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Gabriel Nascimento e Matheus Morais no dia 26 de Setembro de 2016 ⋅ 00:30

Questionado mais uma vez pelo Metro1, na noite deste domingo (25), sobre origem dos R$ 800 mil (em espécie) declarados em seu imposto de renda e o local onde o dinheiro é guardado, o candidato a prefeito de Salvador, Cláudio Silva (PP), decidiu, desta vez, mostrar seu "bom humor". "Olha, não vou dizer porque não sei qual é a sua intenção", afirmou antes do debate da TV Record Bahia.

Classificando os gastos de sua campanha como "contidos", o pepista disse ser o único candidato "preocupado em apresentar propostas". "Nossa campanha tá girando em torno de R$ 600 mil. Uma campanha que se centrou no rádio, na TV e na internet. Pouca ação de rua, porque temos uma chapa pequena, com poucos candidatos. Estamos com uma estratégia que tem dado certo. As pessoas têm visto que estamos preocupados em apresentar propostas. Dos candidatos, o que mais se preocupou em apresentar proposta fui eu", declarou.

Em relação ao "boicote", proposto pelo candidato Pastor Sargento Isidório (PDT), ao debate da TV Bahia — único que contará com a participação de Neto — Cláudio declarou: "Vou para qualquer debate que ocorra, em qualquer emissora, em respeito ao cidadão. Acho que não tem que fazer boicote, muito pelo contrário. É um momento para apresentar ideias e confrontar. A ideia de não comparecer ao debate, de forma nenhuma vai ser utilizada por nossa candidatura", garantiu. 

Notícias relacionadas

[Moro deve trocar comando da Polícia Federal]
Política

Moro deve trocar comando da Polícia Federal

Por Marina Hortélio no dia 17 de Novembro de 2018 ⋅ 08:30 em Política

De acordo com a Folha, o atual superintendente da PF do Paraná, o delegado Maurício Valeixo, é um dos principais cotados para assumir o posto de diretor-geral da PF ou in...