Política

"Não vai passar batido", diz MK sobre Centro de Convenções

Mário Kertész comentou, na manhã desta segunda-feira (26), a inundação da nova Estação da Lapa com a forte chuva no final de semana, além do desabamento de parte do primeiro piso do Centro de Convenções na noite de sexta-feira (23). A prisão do ex-ministro Antonio Palocci na 35ª fase da Operação Lava Jato também foi comentada por Mário Kertész. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Reprodução / Bocão News

Por Matheus Morais no dia 26 de Setembro de 2016 ⋅ 08:02

Mário Kertész comentou, na manhã desta segunda-feira (26), a inundação da nova Estação da Lapa com a forte chuva no final de semana, além do desabamento de parte do primeiro piso do Centro de Convenções na noite de sexta-feira (23). "Aconteceu porque foi uma chuva muito forte, e eu com isso? Meu amigo Arnaldo Gusmão, a Axxo e a prefeitura devem uma explicação. A nova Lapa parecia um Titanic", disse. 

MK também lamentou o desabamento de parte do Centro de Convenções. "Pelo amor de Deus, o que foi isso? Desde o tempo de [Domingos] Leonelli, passando por [Nelson] Pelegrino e o atual secretário, José Alves. Essa obra estava sendo tocada aceleradamente. a prefeitura estava achando que não havia condições de segurança para realizar eventos. Estou dizendo porque eu tenho informação segura, soube que José Alves falou com Sérgio Guanabara [Secretário da Sucom] que com ou sem alvará da prefeitura, o Centro de Convenções ia funcionar", ressaltou. "Se por acaso, o que aconteceu tivesse acontecido num dia de trabalho tinha morrido muita gente. Quanto se gastou no Centro de Convenções desde o tempo de Jaques Wagner? Essa coisa não vai passar batida", completou. 

A prisão do ex-ministro Antonio Palocci na 35ª fase da Operação Lava Jato também foi comentada por Mário Kertész. "A gente não sabe quantas pessoas vão ser presas e a Lava Jato se aproxima, cada vez mais, de Lula e Dilma. Com ou sem eleição, o que tem que ser feito vai ser feito. É preciso que as pessoas estejam atentas, porque o ministro da Justiça falava: 'vem mais por aí'. Eu nunca vi, esse governo precisa tomar orientação no que fala", destacou MK. "Por enquanto é o governo ping-pong", pontuou.  

Notícias relacionadas

[Joceval nega que vá deixar a base de ACM Neto]
Política

Joceval nega que vá deixar a base de ACM Neto

Por Matheus Simoni e Alexandre Galvão no dia 17 de Dezembro de 2018 ⋅ 15:40 em Política

O nome do vereador integra o bloco, que conta ainda com os vereadores Maurício Trindade (DEM) e Fábio Souza (PHS)