Política

Toffoli envia para Justiça do RJ inquérito sobre Cunha em Furnas

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Dias Toffoli determinou a transferência para a Justiça estadual do Rio de Janeiro de um inquérito que apura a atuação do ex-deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ) na usina de Furnas. Dos sete inquéritos sobre o peemedebista que estavam no STF, quatro já foram remetidos a outros tribunais após a perda do chamado foro privilegiado, diante da cassação do mandato parlamentar de Cunha. Ainda restam três investigações no STF à espera de decisão. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Lula Marques/Agência PT

Por Matheus Simoni no dia 30 de Setembro de 2016 ⋅ 16:53

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, determinou a transferência para a Justiça estadual do Rio de Janeiro de um inquérito que apura a atuação do ex-deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ) na usina de Furnas. Dos sete inquéritos sobre o peemedebista que estavam no STF, quatro já foram remetidos a outros tribunais após a perda do chamado foro privilegiado, diante da cassação do mandato parlamentar de Cunha.

Ainda restam três investigações no STF à espera de decisão. "Remetam-se os autos ao Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, para posterior encaminhamento ao juízo de primeiro grau competente, observada eventual prevenção", decidiu o ministro.

A investigação foi aberta em maio com base na delação premiada do ex-senador Delcídio do Amaral (sem partido-MS), também cassado por envolvimento na Operação Lava Jato. Segundo ele, houve uma relação de Cunha com dirigentes de Furnas e atuação em benefício do doleiro Lúcio Funaro, preso em julho. Funaro, Cunha e outras três pessoas foram denunciados por suspeita de fraudes no Fundo de Investimento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, o FI-FGTS, administrado pela Caixa Econômica Federal.

Notícias relacionadas