Política

Alexandre Garcia ironiza suposto encontro casual entre Dilma e Lewandowski

O jornalista Alexandre Garcia iniciou seu comentário, nesta segunda-feira (13), ironizando o suposto encontro “casual” entre a presidente Dilma Rousseff e o ministro Ricardo Lewandowski, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), na cidade do Porto, em Portugal. “A presidente estava indo para a Rússia,iria fazer uma escala em Lisboa e decidiu de última hora parar no Porto [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Reprodução/ O Globo

Por Ticiane Bicelli no dia 13 de Julho de 2015 ⋅ 14:53

O jornalista Alexandre Garcia iniciou seu comentário, nesta segunda-feira (13), ironizando o suposto encontro “casual” entre a presidente Dilma Rousseff e o ministro Ricardo Lewandowski, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), na cidade do Porto, em Portugal. “A presidente estava indo para a Rússia,iria fazer uma escala em Lisboa e decidiu de última hora parar no Porto, onde encontrou Lewandowski.  Encontro entre dois chefes de poder. Então a gente imagina que o assunto foi a Lava-Jato e não o aumento do judiciário”, alfineta.

Alexandre Garcia criticou também a declaração da presidente Dilma Rousseff que disse que o Brasil precisa fazer um grande esforço para voltar a crescer. “Agora é o Brasil que tem que fazer o esforço, nós contribuintes em geral, depois que o governo já estragou tudo”. O jornalisra ainda afirmou que, diante da crise no país, “as chances do PT só são boas se tirarem Dilma. O PT aí ficaria de vítima”.

Ainda foi tema do comentário desta segunda (13), a tentativa dos deputados de bloquear a tramitação da emenda que reduz a idade penal. Eles protocolaram na última quinta-feira (9) mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal (STF) pedindo que seja anulada a votação da proposta de emenda à Constituição. “Para azar deles foi parar nas mãos do ministro do Supremo Celso de Mello que não concedeu”, conclui.

 

Notícias relacionadas