Política

Fábio Nogueira critica tempo de campanha: "Dificulta os projetos de esquerda"

Candidato do PSOL a prefeito de Salvador, o sociólogo Fábio Nogueira votou na manhã deste domingo (2), na Faculdade de Direito da Universidade Federal da Bahia (Ufba), no bairro do Canela, acompanhado pelo seu vice, Babuca Grimaldi. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Divulgação/ PSOL

Por Matheus Morais no dia 02 de Outubro de 2016 ⋅ 14:40

Candidato do PSOL a prefeito de Salvador, o sociólogo Fábio Nogueira votou na manhã deste domingo (2), na Faculdade de Direito da Universidade Federal da Bahia (Ufba), no bairro do Canela, acompanhado pelo seu vice, Babuca Grimaldi. Na oportunidade, Nogueira defendeu a ampliação do tempo de campanha eleitoral.

Segundo ele, a campanha de 45 dias só beneficia quem já está no poder. Os candidatos à reeleição. " Esse tempo é muito curto! Dificulta os projetos alternativos de esquerda.  Em uma cidade como Salvador,  precisamos de mais tempo para fortalecermos as atividades de corpo a corpo,  a campanha de rua", destacou.
                                       
Fábio Nogueira ressaltou que sua estreia eleitoral foi "dura" porque o PSOL foi bastante prejudicado pela contra-reforma eleitoral aprovada por Eduardo Cunha."Entramos com uma Representação no Ministério Público questionando o aumento exorbitante do patrimônio de ACM Neto. Como consequência, a emissora dele excluiu a nossa participação no debate", criticou.  

Nogueira comemorou ainda a ampliação da base social do partido durante a campanha e o apoio de diversos setores da sociedade baiana. ""Conseguimos apoio do movimento negro, acadêmicos, ambientalistas, intelectuais, artistas. Com certeza a mensagem do PSOL será refletida nas urnas ", agradeceu. 

Notícias relacionadas