Política

Presidente da CUT declara articulação de greve geral

O presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Cedro Silva, afirmou que o coletivo está se articulando com outros movimentos sociais para organizar uma greve geral. "Vemos no Brasil uma tentativa de retirada de direitos. Estamos nos preparando para a greve geral", declarou. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Tácio Moreira /Metropress

Por Laura Lorenzo no dia 04 de Outubro de 2016 ⋅ 20:05

O presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Cedro Silva, afirmou que o coletivo está  se articulando com outros movimentos sociais para organizar uma greve geral. "Vemos no Brasil uma tentativa de retirada de direitos. Estamos nos preparando para a greve geral", declarou. 

Sobre a operação de busca realizada na manhã desta terça-feira (4), Cedro disse que a Polícia Federal errou o endereço quando entrou na sede do Partido dos Trabalhadores (PT) baiano, na rua Alagoinha, no Rio Vermelho. "Eles tinham que bater lá na porta de Temer, de Calheiros, de Cunha, de Jucá e não aqui no PT ou na CUT", provocou Cedro em conversa com o Bocão News. 

Ainda conforme o presidente, a CUT repudia a operação e a forma com que ela foi feita.

Também nesta terça-feira, um grupo de militantes do PT se reuniu na frente da sede da legenda em um ato de repúdio à operação de busca realizada pela PF no local. 

Notícias relacionadas