Política

Presidente nega “golpe”: “Quem assume é o vice, dever Constitucional"

Entrevistado por Mário Kertész na Rádio Metrópole nessa quarta-feira (5), o presidente Michel Temer (PMDB) negou que o governo Dilma tenha sofrido um “golpe”, que culminou com o seu afastamento do poder. “Quem pregou e disse que era golpe, não teve sucesso eleitoral".[Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Bárbara Silveira e Matheus Morais no dia 05 de Outubro de 2016 ⋅ 08:14

Entrevistado por Mário Kertész na Rádio Metrópole nessa quarta-feira (5), o presidente Michel Temer (PMDB) negou que o governo Dilma tenha sofrido um “golpe”, que culminou com o seu afastamento do poder. “É natural que quem sustentou que não deveria haver o impedimento. Eu não fiz um movimento sequer, a constituição é que estabelece, quando um presidente sai, quem assume é o vice. Essa tese de golpe não se estabelece, a prova é a eleição. Quem pregou e disse que era golpe, não teve sucesso eleitoral. Nossa base foi vitoriosa”, disse.


(Volte em instantes para mais informações...)

Notícias relacionadas

[Ministro do TSE aceita ação do PDT contra Bolsonaro]
PolíticaELEIÇÕES 2018

Ministro do TSE aceita ação do PDT contra Bolsonaro

Por Marina Hortélio no dia 22 de Outubro de 2018 ⋅ 15:40 em Política

Já o pedido do partido de Ciro Gomes de impedir empresas e coligação de Bolsonaro de utilizarem o WhatsApp em campanha foi negado

[PGR se cala sobre fala de Eduardo Bolsonaro]
Política

PGR se cala sobre fala de Eduardo Bolsonaro

Por Matheus Simoni no dia 22 de Outubro de 2018 ⋅ 15:00 em Política

No domingo, 21, a PGR já havia dito que não se manifestaria. Hoje, entretanto, o órgão passou a ser pressionado