Política

Prefeito de Simões Filho diz que vai processar Otto: "Afirmação irresponsável"

O prefeito eleito de Simões Filho, Diógenes Tolentino de Oliveira, conhecido como Dinha (PMDB) afirmou que vai processar Otto Alencar (PSD), após acusação do senador sobre o candidato ter a campanha financiada pela pelo tráfico. A declaração foi dada pelo peemedebista nesta quinta-feira (6), durante entrevista ao apresentador José Eduardo, na Rádio Metrópole. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Reprodução / Facebook

Por Camila Tíssia e Matheus Morais no dia 06 de Outubro de 2016 ⋅ 09:36

O prefeito eleito de Simões Filho, Diógenes Tolentino de Oliveira, conhecido como Dinha (PMDB) afirmou que vai processar Otto Alencar (PSD), após acusação do senador sobre o candidato ter a campanha financiada pela pelo tráfico. A declaração foi dada pelo peemedebista nesta quinta-feira (6), durante entrevista ao apresentador José Eduardo, na Rádio Metrópole.

"Eu fui pego de surpresa com a declaração do senador. Não sabia que o desequilíbrio emocional dos meus adversários estava tanto assim. Essa afirmação dele [Otto] é irresponsável, não tem cabimento", disse.

Ainda segundo Dinha, a crítica do senador está relacionada a uma disputa política. "O município há duas décadas estava sob o domínio do senador Otto e dos seu irmão Eduardo Alencar. O povo entendeu que deve se buscar alternativa, um caminho novo, estamos conscientizando o povo, fazendo uma política coletiva, um projeto para alcançar todas as pessoas e não só uma parte. Não vencemos em 2012 porque Wagner e Otto mentiram, eles prometeram a Uneb, o Sac aqui. O prefeito é irmão do senador e com toda essa força política não trouxe resultado para nossa cidade. Isso tem sido um crime para nosso povo. Não tem professor, não tem transporte, merenda escolar, isso é um crime", pontuou.  

Leia mais:

Dinha responde a acusação de Otto e provoca: “choro de perdedor”

"Teve apoio do tráfico de drogas", reafirma Otto sobre prefeito de Simões Filho

Otto acusa prefeito eleito de Simões Filho de ser financiado pelo tráfico

Notícias relacionadas

[PF pede prisão de Benito Gama, mas ministro do STF nega]
Política

PF pede prisão de Benito Gama, mas ministro do STF nega

Por Matheus Simoni no dia 11 de Dezembro de 2018 ⋅ 11:42 em Política

Também foram negados os pedidos de prisão domiciliar do senador e deputado federal eleito Aécio Neves (PSDB-RJ), de sua irmã Andrea Neves, e do deputado federal Paulinho...

[MPF reforça pedido de condenação de Lula e mais 12 réus]
Política

MPF reforça pedido de condenação de Lula e mais 12 réus

Por Matheus Simoni no dia 11 de Dezembro de 2018 ⋅ 10:26 em Política

O imóvel, que é atribuído ao petista, é alvo de uma denúncia do órgão, que afirma que as empreiteiras Odebrecht e OAS compraram e pagaram por melhorias no sítio