Política

Lúcio Vieira evita opinar sobre secretariado de Neto: "Quem decide é o prefeito"

Depois de emplacar Bruno Reis (PMDB) como vice-prefeito de Salvador, o deputado federal Lúcio Vieira Lima (PMDB) preferiu não opinar sobre o secretariado de ACM Neto (DEM) para os próximos quatro anos de gestão. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : DEM.org

Por Gabriel Nascimento e Matheus Morais no dia 13 de Outubro de 2016 ⋅ 09:52

Depois de emplacar Bruno Reis (PMDB) como vice-prefeito de Salvador, o deputado federal Lúcio Vieira Lima (PMDB) preferiu não opinar sobre o secretariado de ACM Neto (DEM) para os próximos quatro anos de gestão.

Durante entrevista a José Eduardo, na Rádio Metrópole, na manhã desta quinta-feira (13), o peemedebista disse que a decisão pertence ao prefeito reeleito. "A questão da montagem do secretariado é do prefeito. De forma nenhuma iremos falar que teremos 2, 3, 4 ou 5 [secretários do PMDB]. Você tem que procurar quadros em outros partidos, outros gestores, como Silvio Pinheiro e [Guilherme] Bellintani", afirmou.

"O PMDB sempre procura indicar quadros competentes. Hoje, nós temos a infraestrutura e mobilidade. Quando o prefeito ACM Neto ganhou a eleição passada ele tratou disso comigo em Brasília. Eu disse que o PMDB não queria secretaria. Ele disse que era importante o partido ter secretarias. Agora lutamos para ter o vice, que já tem ajudado nas articulações", finalizou.

 

Notícias relacionadas