Política

“Críticas da oposição à pec 241 são só conversa”, diz Jutahy

O deputado federal Jutahy Magalhães Júnior (PSDB) conversou com Mário Kertész sobre a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 241, que prevê um teto para os gastos públicos até 2020. A medida já foi aprovada na Câmara dos Deputados e segue para ser votada no Senado [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Bárbara Silveira no dia 22 de Outubro de 2016 ⋅ 14:00

O deputado federal Jutahy Magalhães Júnior (PSDB) conversou com Mário Kertész sobre a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 241, que prevê um teto para os gastos públicos até 2020. A medida já foi aprovada na Câmara dos Deputados e segue para ser votada no Senado. 

Para Jutahy, aliado do presidente Michel Temer, a proposta “cria um ambiente de governabilidade”. “Eu acho que é indispensável [a aprovação]. Esse período dos governos Lula e Dilma deixou o país num sistema de calamidade. Você tem que aprovar esse limite de gastos para equilibrar as contas. Não que a medida vá resolver, mas precisamos diminuir os juros para que novos investimentos sejam feitos”, disse.

O deputado minimizou as críticas sobre a possibilidade de a PEC trazer cortes na saúde e educação. “É conversa. Só pra dar um exemplo: com essa meta, os investimentos na saúde vão aumentar no ano que vem. É conversa. A avaliação que eles fazem é completamente equivocada”, disse Jutahy. 

Desemprego: “Grave”
O deputado criticou o governo Dilma e a herança de desemprego — “a coisa mais grave que existe”. “A economia está lenta. Você tem que ter uma situação em que o dólar fique em um patamar bom, mas é preciso baixar os juros. Nós precisamos de capital externo para fazer investimento na área de portos, estradas e vias”, explicou.

Notícias relacionadas

[Moro deve trocar comando da Polícia Federal]
Política

Moro deve trocar comando da Polícia Federal

Por Marina Hortélio no dia 17 de Novembro de 2018 ⋅ 08:30 em Política

De acordo com a Folha, o atual superintendente da PF do Paraná, o delegado Maurício Valeixo, é um dos principais cotados para assumir o posto de diretor-geral da PF ou in...