Política

Marcell Moraes culpa assessoria por confundir tourada e vaquejada

Os deputados estaduais Marcell Moraes (PV) e Adolfo Viana (PSDB) discutiram no Jornal da Cidade II Edição, nesta quinta (20), sobre a decisão do Supremo Tribunal Federal que considerou as vaquejadas instrumentos de maus-tratos contra os animais. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Divulgação/Marcell Moraes

Por Felipe Paranhos no dia 20 de Outubro de 2016 ⋅ 18:03

Os deputados estaduais Marcell Moraes (PV) e Adolfo Viana (PSDB) discutiram no Jornal da Cidade II Edição, nesta quinta (20), sobre a decisão do Supremo Tribunal Federal que considerou as vaquejadas instrumentos de maus-tratos contra os animais. 

Ao ouvir Viana falar sobre os bois que participam de eventos baianos, Marcell, questionou o colega em relação aos chifres dos animais. O tucano, por sua vez, afirmou que "boi de vaquejada não tem chifre" e passou a discorrer sobre o que considera "desinformação" por parte do ambientalista.

"Você usa um card com um touro de tourada para se posicionar contra a vaquejada. Isso é desinformação", falou Adolfo, ressaltando as diferenças entre os dois esportes. 

Marcell, então, culpou sua assessoria pela falha. O card é do fim de 2014, quando o verde se elegeu deputado estadual.

Leia mais:
>> "Cultura não pode ser tortura", diz Marcell Moraes sobre vaquejada
>> Deputado acusa Marcell Moraes de estar desinformado sobre vaquejada
>> Marcell diz que fim das vaquejadas é "evolução" da sociedade

Notícias relacionadas