Política

Neto provoca oposição por retração na Bahia: "Ciclo do PT começa a se encerrar"

A retração do Partido dos Trabalhadores (PT) na Bahia não deixou de ser comentada pelo prefeito ACM Neto (DEM) durante entrevista à Revista Veja, nesta semana. Provocando a oposição, especialmente em Salvador, o democrata disse não fazer "política com rancor e ódio". [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Divulgação

Por Gabriel Nascimento no dia 24 de Outubro de 2016 ⋅ 12:41

A retração do Partido dos Trabalhadores (PT) na Bahia não deixou de ser comentada pelo prefeito ACM Neto (DEM) durante entrevista à Revista Veja, nesta semana. Provocando a oposição, especialmente em Salvador, o democrata disse não fazer "política com rancor e ódio". "O que importa é que não conseguiram destruir o Democratas, como Lula pregou. O partido voltou a crescer e a vencer eleições. O projeto do PT na Bahia está se fatigando. É um ciclo que começa a se encerrar. O PT não foi bom na Bahia", disse.

Sem citar uma possível disputa pelo governo do estado em 2018, Neto criticou as gestões estaduais petistas. "Os governos de Jaques Wagner e Rui Costa não aproveitaram o alinhamento com o governo federal para mudar a situação econômica e social do estado, ainda marcado pela pobreza, desigualdade  e falta de oportunidade. Eles perderam uma ocasião singular", finalizou.

 

Notícias relacionadas