Política

“PEC 241 passa com folga no Congresso”, opina deputado mineiro

Em votação prevista para essa terça-feira (25), os deputados federais vão opinar, pela segunda vez, sobre a PEC 241, que cria um limite de gastos para o governo federal pelos próximos 20 anos. A medida foi aprovada na primeira votação e segundo o deputado mineiro Marcus Pestana (PSDB-MG), em entrevista à Rádio Metrópole, o resultado deve se repetir [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Beto Oliveira/Agência Câmara

Por Bárbara Silveira e Matheus Morais no dia 25 de Outubro de 2016 ⋅ 08:25

Em votação prevista para essa terça-feira (25), os deputados federais vão opinar, pela segunda vez, sobre a PEC 241, que cria um limite de gastos para o governo federal pelos próximos 20 anos. A medida foi aprovada na primeira votação e segundo o deputado mineiro Marcus Pestana (PSDB-MG), em entrevista à Rádio Metrópole, o resultado deve se repetir. 

“PEC passa com folga no Congresso. O placar será mais dilatado do que da primeira vez. A  emenda constitucional é votada em dois turnos, nós aprovamos no primeiro turno e aprovaremos no segundo. Qualquer dona de casa, chefe de família, sabe que não pode gastar mais que ganha. Não adianta vender geladeira pra comprar comida. Não adianta vender patrimônio para comprar comida. A dona de casa sabe que a divida vira uma bola de neve, porque o banco, o agiota pensa que vai levar calote. Nossa taxa de juros é estratosférica. É mentira que a saúde e a educação vão perder recursos”, disse.

 

Notícias relacionadas

[‘O Estado brasileiro matou Marielle’, afirma viúva da vereadora]
Política

‘O Estado brasileiro matou Marielle’, afirma viúva da vereadora

Por Matheus Simoni e Alexandre Galvão no dia 18 de Dezembro de 2018 ⋅ 09:10 em Política

"A política não aceita uma mulher preta, favelada, lésbica. Esse contexto é dramático é pode colocar outras vidas em risco”, declarou ela, em entrevista a Mário Kertész