Política

Lúcio Vieira Lima sai em defesa dos peixes na Câmara: “Da minhoca, cuide você"

As discussões em torno da polêmica que envolve a prática da vaquejada no país ganharam um novo tom em debate na Câmara dos Deputados. Em uma solenidade em prol do torneio realizada na Casa, parlamentares saíram em defesa de algumas “espécies”, em comparativo com os bois utilizados nas vaquejadas. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Divulgação

Por Stephanie Suerdieck no dia 28 de Outubro de 2016 ⋅ 08:53

As discussões em torno da polêmica que envolve a prática da vaquejada no país ganharam um novo tom em debate na Câmara dos Deputados. Em uma solenidade em prol do torneio realizada na Casa, parlamentares saíram em defesa de algumas “espécies”, em comparativo com os bois utilizados nas vaquejadas.

De acordo com a coluna “Painel” da Folha de S. Paulo, o deputado federal Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA) participava do debate, quando o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), concedeu a palavra e o baiano desatou a fazer comentários a favor desse tipo de competição. “Ninguém fala em acabar com o pesque e pague porque o peixe sai machucado pelo anzol mesmo sendo devolvido para a água depois”, reclamou. Em seguida, alguém da plateia gritou: “Isso sem contar a minhoca, que morre!”. O deputado devolveu contento o sorriso: “Eu cuido do peixe. Da minhoca, cuide você”, finalizou.

 

Notícias relacionadas

[Temer assina decreto de extradição de Cesare Battisti]
Política

Temer assina decreto de extradição de Cesare Battisti

Por Matheus Simoni no dia 14 de Dezembro de 2018 ⋅ 16:54 em Política

Condenado por quatro homicídios na Itália na década de 1970, Battisti estava no Brasil e encontra-se foragido da justiça, segundo a Polícia Federal

[Bolsonaro quer anunciar revisão de acordo do Mercosul]
Política

Bolsonaro quer anunciar revisão de acordo do Mercosul

Por Matheus Simoni no dia 14 de Dezembro de 2018 ⋅ 13:20 em Política

O evento na Suíça servirá para Bolsonaro fazer uma defesa enfática da aprovação de uma reforma previdenciária, ressaltando que será a sua primeira medida estruturante