Política

TCM rejeita contas das prefeituras de Rio Real e Canavieiras

As contas da Prefeitura de Canavieiras, na administração de Antônio Almir Santana Melo e do prefeito de Rio Real, Orlando Brito de Almeida, foram rejeitadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) na terça-feira (1º). [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Divulgação/ Prefeitura de Canavieiras

Por Matheus Morais no dia 02 de Novembro de 2016 ⋅ 07:33

As contas da Prefeitura de Canavieiras, na administração de Antônio Almir Santana Melo e do prefeito de Rio Real, Orlando Brito de Almeida, foram rejeitadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) na terça-feira (1º). Segundo o órgão, em Canavieiras, o prefeito deixou de promover a redução das despesas com pessoal na forma e prazos previstos na Lei de Responsabilidade Fiscal, durante o exercício de 2015. 

Duas multas foram imputadas ao prefeito Antônio Almir Santana Melo, que somadas chegam a R$51.291,40 e ainda um ressarcimento aos cofres municipais na quantia de R$6.723,04, com recursos pessoais, referente a despesas irregulares com multas e juros por atrasos no cumprimento de obrigações. Ao prefeito da cidade de Rio Real, Orlando de Almeida, duas multas foram imputadas: uma no valor de R$3 mil por falhas no relatório técnico e a segunda no valor de R$72 mil. As contas foram rejeitadas em função do descumprimento de determinação do TCM pelo não pagamento de multa de R$8 mil de responsabilidade do gestor, que agora encontra-se vencida. As decisões cabem recursos. 

Notícias relacionadas

[Justiça manda soltar Joesley Batista ]
Política

Justiça manda soltar Joesley Batista 

Por Alexandre Galvão no dia 12 de Novembro de 2018 ⋅ 14:44 em Política

Advogado do dono da JBS, Perpaolo Bottini afirmou que a soltura demonstra "a ilegalidade e gravidade da prisão"