Política

Após rompimento, Cunha manobra para conseguir impeachment de Dilma

Após anunciar o seu rompimento com o governo da presidente Dilma Rousseff (PT), o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), deu mais um passo no pedido de impeachment da chefe do Executivo nacional. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Reprodução/Agência Senado

Por Matheus Simoni no dia 17 de Julho de 2015 ⋅ 19:32

Após anunciar o seu rompimento com o governo da presidente Dilma Rousseff (PT), o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), deu mais um passo no pedido de impeachment da chefe do Executivo nacional. Nesta sexta-feira (17), o parlamentar notificou o deputado federal Jair Bolsonaro para que ele emende o pedido de impeachment da petista no prazo de 10 dias. De acordo com a revista Veja, que obteve o ofício de Cunha a Bolsonaro, o presidente da Câmara está contactando os outros autores de pedidos de impeachment de Dilma para atualizarem as propostas com novas evidências que podem tirar a presidente do poder. 

Notícias relacionadas