Política

Extradição de Pizzolato é adiada e deve acontecer depois de dezembro

De acordo com informações dos senadores, Maria Cecilia Guerra (PD) e Luigi Manconi nesta quinta-feira (23), a extradição do ex-diretor de marketing do Banco do Brasil foi adiada novamente e deverá acontecer apenas em dezembro. Em matéria do Jornal Brasil, consta que o adiamento aconteceu devido a uma audiência em Pizzolato terá que comparecer no tribunal italiano no dia 14 de dezembro. Ele vai responder sobre o processo de falsidade ideológica, por ter usado a identidade do irmão quando tentava fugir do Brasil. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Reprodução / G1

Por Bárbara Gomes no dia 23 de Julho de 2015 ⋅ 11:46

De acordo com informações dos senadores, Maria Cecilia Guerra (PD) e Luigi Manconi nesta quinta-feira  (23), a extradição de Pizzolato, ex-diretor de marketing do Banco do Brasil, foi adiada novamente e deverá acontecer apenas em dezembro. Em matéria do Jornal Brasil, consta que o adiamento aconteceu devido a uma audiência em que Pizzolato terá que comparecer no tribunal italiano no dia 14 de dezembro. Ele vai responder sobre o processo de falsidade ideológica, por ter usado a identidade do irmão quando tentava fugir do Brasil.

O processo de extradição só seria analisado após setembro. "Agora, Pizzolato está imputado de responder a um processo em um tribunal italiano, o que terá como consequência a suspensão por prazo maior do processo de extradição para consentir ao mesmo o exercício pleno do irrenunciável direito de defesa", disseram líderes do movimento político que pretendem deixar Pizzolato em território italiano ao JB online.

Notícias relacionadas