Política

Nilo diz que foi convidado por Neto para ser senador na chapa de Paulo Souto

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia detalhou a conversa: "O prefeito veio na minha casa, me convidou e disse: 'Se você quiser o candidato Paulo Souto, será ele, e você será o senador. Se você quiser Geddel, vai ser Geddel e você vai ser o senador'. Eu neguei, dizendo que já tinha dito meses atrás que Otto era o melhor candidato. Como é que eu ia ser candidato contra ele?", contou o deputado. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Felipe Paranhos no dia 26 de Maio de 2015 ⋅ 08:08

O deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Marcelo Nilo (PDT), relembrou em entrevista à Rádio Metrópole, na manhã desta terça-feira (26), as propostas de candidatura recebidas nas eleições de 2014. Nilo, que queria encabeçar uma chapa para governador, acabou se mantendo no cargo de deputado estadual. Mas não foi por falta de convite: ele revelou que o prefeito ACM Neto (DEM) o chamou para ser postulante ao Senado, e ainda escolhendo o candidato a governador.

"Fui convidado por ACM Neto pra ser senador na chapa de Paulo Souto, e eu não quis. Naquela crise com o governo, em que eu estava muito chateado, eu ia chegando em casa, e o deputado Paulo Azi me telefonou e falou que o prefeito queria falar comigo. E o prefeito veio na minha casa, me convidou e disse: 'Se você quiser o candidato Paulo Souto, será ele, e você será o senador. Se você quiser Geddel, vai ser Geddel e você vai ser o senador'. Eu neguei, dizendo que já tinha dito meses atrás que Otto era o melhor candidato. Como é que eu ia ser candidato contra ele?", contou o deputado. 

Notícias relacionadas