Política

Vereadora propõe lei que proíbe publicidade em vidros traseiros de ônibus

Projeto de lei que proíbe a colagem de publicidade no vidro traseiro dos ônibus será colocado em pauta na Câmara Municipal de Salvador. O projeto é de autoria da vereadora Aladilce Souza (PCdoB) e tem como objetivo dar mais visibilidade para o interior do veículo. “´É uma ação simples, mas pode contribuir para oferecer maior segurança aos usuários de ônibus em Salvador, já que em casos de assalto haverá maior probabilidade do fato ser visto e comunicado para a polícia”, explicou a vereadora. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Divulgação

Por Bárbara Gomes no dia 01 de Agosto de 2015 ⋅ 12:57

Projeto de lei que proíbe a colagem de publicidade no vidro traseiro dos ônibus será colocado em pauta na Câmara Municipal de Salvador. O projeto é de autoria da vereadora Aladilce Souza (PCdoB) e tem como objetivo dar mais visibilidade para o interior do veículo. “´É uma ação simples, mas pode contribuir para oferecer maior segurança aos usuários de ônibus em Salvador, já que em casos de assalto haverá maior probabilidade do fato ser visto e comunicado para a polícia”, explicou a vereadora.

O projeto prevê que na parte traseira do coletivo, a carroceria poderá utilizar propaganda em uma área de dois metros quadrados, excluindo os vidros. Além disso, o texto regulamenta a instalação de adereço autoportante no interior do veículo, com publicidades de até nove centímetros quadrados.  A vereadora usa como principal argumento para a aprovação do projeto, os dados da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), que apresenta uma média de 140 assaltos a ônibus por mês em Salvador, ou seja, uma média de 4 por dia. 

Notícias relacionadas

[Em Salvador, Ciro condena 'extremismos' e prega união do país ]
PolíticaELEIÇÕES 2018

Em Salvador, Ciro condena 'extremismos' e prega união do país

Por Rodrigo Daniel Silva no dia 23 de Setembro de 2018 ⋅ 10:00 em Política

Presidenciável ressaltou que, embora seja visto como um político de "esquerda", ele defende a união entre "o Brasil que produz com o Brasil que trabalha".

[STJ torna Luiz Caetano inelegível pela Lei da Ficha Limpa]
Política

STJ torna Luiz Caetano inelegível pela Lei da Ficha Limpa

Por Matheus Simoni no dia 21 de Setembro de 2018 ⋅ 14:40 em Política

Condenação se deu por causa de irregularidades na contratação da Fundação Humanidade Amiga (Fhunami), feita no período em que petista foi prefeito em Camaçari