Política

Depoimento de Emílio Odebrecht é mantido em sigilo pela Justiça

O depoimento prestado pelo empresário Emílio Odebrecht ao juiz federal Sérgio Moro nesta segunda-feira (13) vai ser mantido sob sigilo, de acordo com a Justiça Federal do Paraná. [Leia mais...]

[Depoimento de Emílio Odebrecht é mantido em sigilo pela Justiça]
Foto : Reprodução

Por Yasmin Garrido no dia 13 de Março de 2017 ⋅ 14:59

O depoimento prestado pelo empresário Emílio Odebrecht ao juiz federal Sérgio Moro nesta segunda-feira (13) vai ser mantido sob sigilo, de acordo com a Justiça Federal do Paraná. O patriarca do grupo foi arrolado como uma das testemunhas de defesa do próprio filho, Marcelo Odebrecht, que está preso desde junho de 2015 pela Operação Lava Jato.

No processo, Marcelo é acusado de destinar propinas ao ex-ministro Antonio Palocci em trocas de facilitações nos contratos da Petrobras. O patriarca foi ouvido na Justiça Federal de São Paulo e o depoimento foi transmitido por videoconferência a Curitiba.

De acordo com o advogado de Palocci, José Roberto Batochio, que compareceu ao fórum em São Paulo, Emilio Eodebrecht disse no depoimento que "jamais ouviu dizer que o 'italiano' fosse o Palocci". Para os investigadores da Lava Jato, italiano era o codinome dado ao ex-ministro nas listas de propina da empreiteira.

Notícias relacionadas