Política

Em depoimento, Lula nega ter obstruído Lava Jato e diz ser vítima de "massacre"

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva negou em depoimento, de cerca de uma hora, na Polícia Federal de Brasília, na manhã desta terça-feira (14), que tenha atuado para obstruir a Operação Lava Jato. [Leia mais...]

[Em depoimento, Lula nega ter obstruído Lava Jato e diz ser vítima de
Foto : Agência Brasil

Por Matheus Morais no dia 14 de Março de 2017 ⋅ 12:03

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva negou em depoimento, de cerca de uma hora, na Polícia Federal de Brasília, na manhã desta terça-feira (14), que tenha atuado para obstruir a Operação Lava Jato. Na oportunidade, o petista disse ainda que vem sendo vítima de um "massacre" há três anos. 

Questionado pelo juiz Ricardo Leite se os fatos presentes na denúncia são verdadeiros ou falsos, o ex-presidente respondeu que são falsos. "Há mais ou menos três anos, doutor, eu tenho sido vítima de uma... eu diria quase que de um massacre. Ou seja, eu acho que todos aqui têm dimensão que um cidadão que foi um presidente da República [...] de repente é pego de surpresa por manchetes de jornais e televisão todo dia, todo santo dia, no café da manhã, no almoço e na janta alguém insinuando 'tal empresário vai prestar uma delação e vai acusar o Lula. Agora vou prender fulano, agora vão pegar o Lula, prenderam o Bumlai vão pegar o Lula, prenderam o Delcídio, prenderam o Papa vão pegar o Lula'. Estou esperando pacientemente", afirmou o ex-presidente ao juiz. 

Lula ressaltou que entre os presos na Operação Lava Jato não há ninguém que tenha dado ou recebido dinheiro dele. "Eu duvido, antes, durante e depois [do mandato], os que estão presos e os que vão ser presos, que tenha um empresário, um político, que tenha a coragem de dizer que um dia me deu dez reais, que tenha coragem de dizer que Lula deu cinco centavos pra ele", disse. “Me ofende profundamente insinuação de que o PT é organização criminosa”, afirmou. “A procuradoria não existia, era uma peça de ficção, quando cheguei no governo”, completou.

Ele ainda afirmou que não é contra a Lava Jato. "Tem gente que acha que eu sou contra a Lava Jato. Pelo contrário, eu quero que a Lava Jato vá fundo pra ver se acaba com a corrupção", pontuou o petista. 

Notícias relacionadas

[Moro prorroga atuação da Força Nacional em Moçambique]
Política

Moro prorroga atuação da Força Nacional em Moçambique

Por Matheus Simoni no dia 22 de Abril de 2019 ⋅ 09:20 em Política

A ajuda humanitária foi enviada a Moçambique após o país ficar devastado em março após a passagem do ciclone Idai, que afetou cerca de 1,85 milhão de pessoas e deixou mai...