Política

Rui relembra metrô "calça curta" e ironiza: "Quem fazia chacota hoje se orgulha"

Questionado em entrevista coletiva, na manhã desta quarta-feira (15), sobre a paternidade do metrô de Salvador, o governador do estado disse que a obra é do "povo da Bahia". [Leia mais...]

[Rui relembra metrô
Foto : Tácio Moreira/ Metropress

Por Matheus Morais no dia 15 de Março de 2017 ⋅ 11:30

Questionado em entrevista coletiva, na manhã desta quarta-feira (15), sobre a "paternidade" do metrô de Salvador, o governador do estado, Rui Costa, disse que a obra é do "povo da Bahia". O petista relembrou ainda o apelido de "metrô calça curta, dado à obra, pela sua pequena extensão, e agradeceu aos ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff pelos investimentos feitos no metrô soteropolitano.

"O contrato inicial foi assinado no ano de 1999. O prefeito da época todo mundo sabe quem era [Antonio Imbassahy], essa obra se arrastou por 13, 14 anos. A obra teve vários apelidos, vocês da imprensa colocaram vários apelidos na obra: metrô calça curta, era muita ironia, muita chacota. Eu fico feliz de quem no passado fazia chacota hoje está se orgulhando", afirmou. 

Segundo o governador, o resultado da obra mostra que ela foi "bem feita". Na oportunidade, Rui afirmou que, no total, vão ser investidos R$ 7,5 bilhões. "Isso, considerando a conta-prestação de 30 anos do governo. No total, o governo do estado vai colocar R$ 5 bilhões e o governo federal R$ 2,5 bilhões, incluindo o trecho da obra anterior. Eu sou muito agradecido e quero agradecer ao presidente Lula, que deu inicio a essa obra, com celeridade em 2002. Mas essa obra foi recomeçada graças à presidente Dilma, que deu o ok para que a gente pudesse assumir. Nós estamos muito orgulhosos", pontuou. 

Notícias relacionadas