Política

Eduardo Cunha e deputados fazem acordo e excluem PT do comando de CPIs

O PT deve ser excluído do comando das Comissões Parlamentares de Inquérito (CPIs) que serão criadas em agosto. A exclusão do PT foi garantida por Mendonça Filho (PB), líder do DEM na Câmara, nesta terça-feira (4). Ele disse que os principais partidos, tanto da base aliada, quanto da oposição, vão fazer um acordo para tirar o PT das comissões. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Reprodução/ Ag. Brasil

Por Bárbara Gomes no dia 04 de Agosto de 2015 ⋅ 16:32

O PT deve ser excluído do comando das Comissões Parlamentares de Inquérito (CPIs) que serão criadas em agosto. Segundo reportagem do jornal O Globo, o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), realizou um jantar na noite desta segunda-feira (3), em sua residência, quando recebeu líderes da oposição e parte dos líderes da base aliada. Porém, não estiveram presentes líderes do PT nem do PCdoB. Ainda de acordo com O Globo, ficou decidido que o comando da presidência da CPI dos Fundos de Pensão será do DEM e que o PT será excluído de todos os cargos de comando das quatro CPIs que serão instaladas nos próximos dias.

Nesta terça-feira (4), a exclusão do PT foi garantida pelo deputado Mendonça Filho (DEM-PB), líder do partido na Câmara. O parlamentar garantiu que os principais partidos, tanto da base aliada quanto da oposição, fizeram um acordo para tirar o PT das comissões.

O deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA) também confirmou o acordo e que o acerto foi discutido no jantar na residência de Eduardo Cunha (PMDB-RJ), na noite desta segunda. O presidente da Câmara passou a integrar a oposição e também articula a eliminação do Partido dos Trabalhadores.

Mendonça Filho afirmou que, de acordo com a negociação, o PMDB presidirá a CPI que investigará contratos de financiamento do BNDES, tendo como relator um parlamentar do PR. A comissão será instalada na próxima quinta-feira (6).

Notícias relacionadas

[Bolsonaro anuncia Mandetta para Ministério da Saúde]
Política

Bolsonaro anuncia Mandetta para Ministério da Saúde

Por Matheus Simoni no dia 20 de Novembro de 2018 ⋅ 14:40 em Política

Filiado ao DEM, Mandetta é investigado por suposta fraude em licitação, tráfico de influência e caixa dois na implementação de um sistema de informatização da saúde em Ca...