Política

Em meio a protestos contra reformas, Temer estuda fazer pronunciamento nacional

O presidente Michel Temer estuda fazer uma declaração pública a respeito dos protestos realizados nesta sexta-feira (28) em todo o país contra as reformas que tramitam no Congresso Nacional. Caso a adesão à chamada greve geral continue abaixo da previsão inicial do Palácio do Planalto, segundo o jornal Folha de S. Paulo, Temer dirá que as manifestações são democráticas e é preciso respeitá-las, mas enfatizará que não há um sentimento generalizado contra as reformas propostas por sua gestão. [Leia mais...]

[Em meio a protestos contra reformas, Temer estuda fazer pronunciamento nacional]
Foto : Marcos Corrêa/PR

Por Matheus Simoni no dia 28 de Abril de 2017 ⋅ 14:44

O presidente Michel Temer estuda fazer uma declaração pública a respeito dos protestos realizados nesta sexta-feira (28) em todo o país contra as reformas que tramitam no Congresso Nacional.

Caso a adesão à chamada greve geral continue abaixo da previsão inicial do Palácio do Planalto, segundo o jornal Folha de S. Paulo, Temer dirá que as manifestações são democráticas e é preciso respeitá-las, mas enfatizará que não há um sentimento generalizado contra as reformas propostas por sua gestão.

No início do dia, ele se reuniu com os ministros Moreira Franco (Secretaria-Geral) e Antonio Imbassahy (Secretaria de Governo) para avaliar o número de manifestantes nas ruas. O número de pessoas presentes nos protestos nas ruas em todo o país foi menor do que apontou o monitoramento encomendado pelo governo no início da semana.

Notícias relacionadas