Política

Dilma Rousseff indica Janot para novo mandato à frente do MPF

A presidente Dilma Rousseff confirmou no último sábado (8) a indicação do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, para um novo mandato de dois anos à frente do Ministério Público Federal (MPF). A indicação foi confirmada por Janot durante reunião no Palácio do Alvorada, com a presença do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Agência Brasil

Por Bárbara Silveira no dia 09 de Agosto de 2015 ⋅ 09:50

A presidente Dilma Rousseff confirmou no último sábado (8) a indicação do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, para um novo mandato de dois anos à frente do Ministério Público Federal (MPF). A indicação foi confirmada por Janot durante reunião no Palácio do Alvorada, com a presença do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. Na ocasião, o ministro falou sobre as críticas de alguns investigados sobre a atuação de Janot na condução da Operação Lava Jato e defendeu a autonomia do MPF.

“É evidente que nós não podemos jamais condenar pessoas sem que lhes seja assegurado o direito ao contraditório e à ampla defesa, também estabelecidos na Constituição. Mas as instituições do Brasil, na medida em que a Constituição estabelece essas prerrogativas, devem funcionar e funcionar com eficiência. E a autonomia é o que está assegurado na Constituição Federal", acrescentou Cardozo.


Notícias relacionadas